Tags

, , ,

Você sabe o que é sucateamento?

Sucateamento de gente

Sucateamento de gente

Não, não tem nada a ver com não renovar equipamento, deixar máquinas estragando, sem reposição. Também não é tirar peças de um lugar para remendar outro. Sucatear, numa empresa, corporação ou grupo social, é se privar dos melhores, é se livrar de gente com a desculpa de que é preciso cortar para evitar o… SUCATEAMENTO.

Pois é. É assim que a alguns grupos fazem para se livrar de uma crise de momento e terminam afundando mais e mais na própria lama que geram. Porque quando tudo parece estar pra lá de Bagdá, quando o galo não canta, quem faz a diferença é o ser humano. E quanto mais conhecimento e experiência tiver, melhor.

Gente é o lugar
De se perguntar o um

Gente, Caetano Veloso

Basta uma olhada nos enunciados do livro “Os elementos do jornalismo”, de Bill Kovach e Tom Rosenstiel, para entender porque o fator humano é tudo:
1) A primeira obrigação do jornalismo é com a verdade.
2) Sua primeira lealdade é com os cidadãos.
3) Sua essência é a disciplina da verificação.
4) Seus praticantes devem manter independência daqueles a quem cobrem.
5) O jornalismo deve ser um monitor independente do poder.
6) O jornalismo deve abrir espaço para a crítica e o compromisso público
7) O jornalismo deve empenhar-se para apresentar o que é significativo de forma interessante e relevante.
8) O jornalismo deve apresentar as notícias de forma compreensível e proporcional.
9) Os jornalistas devem ser livres para trabalhar de acordo com sua consciência.

Não é questão de discurso, mas de prática. De nada adianta dizer A e fazer B. Quando a porca torcer o rabo, sem os humanos sucateados lá atrás, não vai ter mais jeito, baby!

Casos recentes
O sucateamento da Rádio Eldorado pelo Grupo Estado
O desmonte da Cultura em São Paulo – a música sucateada

Sobre o futuro
Um novo jornalismo é possível…
The Impact of the Internet on Journalism: An Examination of Blogging, Citizen Journalism, and a Dot.Com Solution for the Online Edition
Fama e anonimato, de Gay Talese (nas livrarias)
Os elementos do jornalismo, de Bill Kovach e Tom Rosenstiel (nas livrarias)

* Esse é um texto de ficção. Qualquer semelhança com pessoas, entidades ou grupos atuais é mera coincidência.

Anúncios